A história do Sabão

A ORIGEM E HISTÓRIA DO SABÃO Exatamente quando foi descoberto o sabão não se sabe ao certo, existem várias historias e lendas em torno de seu início. De acordo com a lenda romana, o sabão foi nomeado após o Monte Sapo, um antigo local de sacrifícios de animais. Após o sacrifício de um animal, a chuva lavava a gordura e as cinzas, que se acumulavam sob os altares cerimoniais, até as margens do rio Tibre. Mulheres lavando roupas neste rio, notaram que ao lavar suas roupas em certas partes do rio após uma forte chuva, suas roupas ficavam muito mais limpas. Daí o surgimento do primeiro sabão - ou pelo menos o primeiro uso do sabão. Embora essa explicação pareça possível, as evidências do lendário Monte. O Sapo nunca foi encontrado. A palavra "sapo" aparece pela primeira vez em um livro escrito em latim intitulado "História natural"  escrito por Plínio. Um antigo acadêmico de Pompéia.  Em um dos seus livros do primeiro conjunto de enciclopédias do mundo antigo, escrito por volta do ano 77 DC, mas precisamente no livro 28, capítulo 51, Plínio escreve: “Também existe o sabão (sapo), uma invenção dos gauleses para dar brilho aos cabelos. É feito de sebo e cinzas, o melhor são os de cinza de faia e gordura de cabra, e existiu em duas formas, sólido e líquido; entre os alemães, ambos são usados ​​mais por homens do que por mulheres.”  A receita de sabão mais antiga foi creditada aos antigos babilônios.  Um material semelhante a sabão encontrado em cilindros de argila durante a escavação da Babilônia, uma cidade na antiga Mesopotâmia, entre os rios Tigre e Eufrates, tinha evidência de que a fabricação de sabão era conhecida já em 2.800 a.C., Inscrições nos cilindros diziam que gorduras eram fervidas com cinzas de madeira como método de fabricação de sabão. Um pergaminho egípcio chamado Papiro Ebers, datado de 1550 a.C., indica que os antigos egípcios se banhavam em uma combinação de óleos animais e vegetais misturados com cinzas de madeira, o que teria criado uma substância parecida com sabão. Está bem documentado que os egípcios tomavam banho regularmente.         Moisés deu aos israelitas leis detalhadas que governavam a limpeza pessoal. Os relatos bíblicos sugerem que os israelitas sabiam como misturar cinzas e óleo para produzir uma espécie de gel que poderia ser usado no cabelo. O sabão é mencionado duas vezes na Bíblia, mas é geralmente aceito…

×